Chutar o pau da barraca é preciso, pirar o cabeção ainda jovem, NÃO é preciso.

Quarta-feira passada, rolou a festa de encerramento do semestre letivo na escola onde leciono...Quando cheguei lá as 12h45, os alunos me viram e era um tal de virem para cima de mim para me abraçar ou brincar\zuar comigo...Prof.!!! pressão! Só na pressão..Prof. é fechamento na fita né?? Aham..somos fechamento...Virei para um colega e falei: Dei 10 para geral...quero que todo mundo vá curtir as férias felizes sem o encosto da recuperação...Porra! Quando eu era criança\aborrecente e os cambaús da apurrinhação existencial, eu ficava puto quando eu ficava de recuperação..Eu não melhorava nada...apenas piorava, porque eu ficava chateado e possesso de birra, por isso, eu me emburrecia nas guaritas castradas do meu eu profundo..Recuperação está para o aluno como a cadeia está para o bandido...A cadeia não cura a criminalidade..ela fortalece e perpetua a criminalidade...Mas, o sistema depende de recuperacionismos cíclicos... Eu também quero férias....Longe temporariamente da barulhada afetiva dos meus alunos..eles sabem que eu gosto muito deles mesmo quando eles quebram o pau da barraca..eles são meus parceiros..bagunçeiros, quietinhos, aloprados, mas são meus protegidos...Cada um com seu cada um.. Agora é hora de ler e fuder...fuder e ler...Nem só de trabalho vive a jovialidade lúdica e porra louca de Joe, mas de boas doses calientes de lazer e afetividade... Chutar o pau da barraca é preciso, pirar o cabeção ainda jovem, NÃO é preciso.. É FECHAMENTO... Abraços do Joe.

0 Comments:

Post a Comment




 

Copyright 2007 | Blogger Templates por GeckoandFly modified and converted to Blogger Beta by André Monteiro.
No part of the content or the blog may be reproduced without prior written permission.