OS QUIETINHOS TAMBÉM TRANSAM.

OS QUIETINHOS TAMBÉM TRANSAM. Numa das escolas em que trabalhei outrora, escutei um depoimento “bizarro” de uma professora. Ela contou-nos que num belo dia, ao passar por um dos cômodos discretos da escola , sentiu ares de putaria cósmica rolando freneticamente nos labirintos daquele espaço de afetivizações. Movida pelo desconfiômetro da consciência, ligou o GPS imaginário e se deparou com uma adolescente que fazia papel de vigia. Ela questionou quem estava lá dentro, mas o léro léro do emblometion respondia que não havia ninguém. Tal professora com unção de detetive da moral dos bons costumes flagrou a outra adolescente sendo penetrada por dois mancebos do ensino fundamental. Imaginem o caos do desespero que se apoderou daquela jovem ávida pelos prazeres do sexo anal-vaginal convergentes pela magia da dupla penetração. Muitos adultos, durante a fase da aborrescência jovial, foram coagidos pela força das fantasias e da curiosidade engajada, por isso, aprenderam trocando experiências com outros amiguinhos. Ninguém aprende a trepar direito com criatividade apenas orando e buscando o discernimento de Deus ou esperando providências divinas em forma de Playboys e\ou redtubes do paraíso. A gente aprendeu e continua aprendendo a trepar na escola da vida pela escuta ótica e pela repetição via testabilidades analíticas do efeito que é bom ou ruim para si mesmo e para o corpo alheio. Muitos adultos, outrora, quando eram meros recrutas da sexualidade, já foram guardiões das “sacanagens” alheias. Muitos deram cobertura para o amigo (a) coleguinha desfrutarem dos prazeres enquanto os pais se fingiam de bobos e de inocentes...Alguns pais são cegos e avoados, no entanto, outros tem 1000 olhos e captam tudo o que rola nos bastidores da sensualidade aflorada, pois outrora, já fizeram as mesmas coisas....Mas, nestas horas é melhor os pais aconselharem os filhos a usarem camisinha (anti-vírus) no PENDRIVE do que boicotar o vulcão que há dentro do coração genealógico...Bendita é a mãe que aconselha a filha a exigir camisinha no pendrive do parceiro, pois horrenda a coisa é uma mãe ver uma filha portadora de cavalos de Tróia ainda em fase de ascensão sexual...Quer ter vida útil? Então, não deixa o pendrive machista entrar e sair de qualquer jeito ...Outrora, até piru cascão fazia o que queria, pois a mulher deveria ser submissa a falta de higiene e irresponsabilidade dos marido, namorado, noivo e afins... Pais e Mães (responsáveis), lembrem-se do conselho do sábio Nietzsche (filósofo alemão): “A SEXUALIDADE HUMANA É UMA TEIA QUE QUANDO É CORTADA, VOLTA A TECER-SE POR SI MESMA”. Abraços fogosos do Joe..

0 Comments:

Post a Comment




 

Copyright 2007 | Blogger Templates por GeckoandFly modified and converted to Blogger Beta by André Monteiro.
No part of the content or the blog may be reproduced without prior written permission.