Na aflição de um cego, quem tem apenas um olho bi-focal, é Rei...

Acostumado com discursos fantasia e profecia pomada na dinâmica da afetividade, um sujeito com o casamento em frangalhos se converte ao evangeliquês na esperança de que o jogo vire milagrosamente na prorrogação e morte súbita da fé. O problema foi que Deus em sua imparcialidade, observou com certo distanciamento os dois lados da moeda de ambos, pois dizem que ele conhece o coração pela lente da bipolaridade convergente. Desacreditado por Deus e em Deus, aquele homem procurou o pastor daquela comunidade de fé e pediu socorro. O pastor escutou a versão dele e ficou em oração, mas posteriormente em off, chamou a mulher e falou: O teu servo sofredor me visitou e se choramingou o teu nome aos meus pés pelo caos da consciência do "foi-se". Entendo ele, escutei a versão dele, porém, gostaria de escutar a tua versão. Ela expôs e no final ela disse: Arcanjo da escutabilidade. Foi bom enquanto durou, no entanto, a espada do tempo cortou e cessou nossa cumplicidade. Portanto, não quero mais ficar com ele...Nem adianta orar ou fazer sacrifícios retóricos teatrais...Aquele pastor despediu aquela mulher sem nenhum charminho e\ou cinismo de oração e chamou aquele homem aflito de volta e falou: Lamento..sinto muito, mas teu casamento acabou e você ainda não percebeu....Acorda prá vida!!! Bola prá frente...e estarei orando pela tua travessia neste deserto. Desejo honestamente, que você encontre um rio e faça a travessia para a terceira margem de si mesmo.... Aquele homem, se irritou e falou: Você não é homem de Deus coisa nenhuma, pois não me ajudou na recuperação do meu casamento....O pastor finalizou: Na aflição de um cego, quem tem apenas um olho bi-focal, é Rei.... Terrível coisa é um homem cair nas mãos de um tempo vencido.. Joe...

0 Comments:

Post a Comment




 

Copyright 2007 | Blogger Templates por GeckoandFly modified and converted to Blogger Beta by André Monteiro.
No part of the content or the blog may be reproduced without prior written permission.