Numa noite chuvosa, todos os degraus da obra de arte, longe das fumaças e dos batuques festivos alternativos, repousavam em seu silêncio acolhedor...Mal sabiam, que todos os degraus da arte em sua mais profunda celebração criativa, acordariam em silêncio choroso e traumático....A obra de arte é sensível...ela possui espiritualidade...ela é forte, porém, é frágil em si mesma...a obra de arte é feita também de carne, osso e gozo....é forjada nos sonhos...é fruto de escuta...de entrega...Todo artista de raiz, mesmo sendo marrento, olha baixo, olha manso e olha abençoador. Imagino que ele olhava para escadaria do afeto e dizia em seu silêncio acolhedor: EU E A COR SOMOS UM...Por isso, pintar e modelar é uma ação da alma que exige punhos de sangue, de pathos, de magia e experiência... Aquele que escreve com esforço sua própria história, herda a terra destas palavras... Dedicado ao artista chileno Seláron que partiu discretamente para os labirintos do caos chamado buraco negro da morte. Joe..

0 Comments:

Post a Comment




 

Copyright 2007 | Blogger Templates por GeckoandFly modified and converted to Blogger Beta by André Monteiro.
No part of the content or the blog may be reproduced without prior written permission.