Não esconder demais, nem tampouco, revelar demais...mas simplesmente amar

Cumplicidade demais, se torna veneno ou pode tornar um relacionamento afetivo brocha, vulnerável, bitolado, porque alguém sempre vai ficar aprisionado pelas artimanhas das palavras. Tudo o que se esclarece demais, deixa de interessar, escreveu o sábio São Nietzsche. Por isso, é importante sempre manter alguma pitada de segredo para a sustentabilidade de nação\ação afetiva desde agora e para sempre. Não esconder demais, nem tampouco, revelar demais...mas simplesmente amar, pois o amor é um estado de graça e de magia cósmica humana demasiada humana. Amar implica em respeitar a porcentagem de privacidade, intimidade e liberdade para o exercício do eu profundo do outro..... Joe....

0 Comments:

Post a Comment




 

Copyright 2007 | Blogger Templates por GeckoandFly modified and converted to Blogger Beta by André Monteiro.
No part of the content or the blog may be reproduced without prior written permission.