Para Gilles Deleuze, a teoria de Marcel Proust é sobre a transsexualidade. Todos nós somos uma coisa e outra. Temos uma parte masculina e feminina.. Quando nos relacionamos com o outro, a nossa parte masculina pode se relacionar com a parte feminina do outro, ou a parte feminina pode se relacionar com a masculina do outro, ou a nossa parte masculina pode se relacionar com a parte masculina do outro, ou a nossa parte feminina pode se relacionar com a parte feminina do outro. Podemos ter várias possibilidades de relação. Como dizia Roger Bastide: “Eu sou mil possíveis em mim, e não me resignarei a ser apenas um deles”. E aí?.Alguém vc vai dizer ainda que é um tolo machão? Quem se arrisca cinicamente a se escorar na passagem canônica que Deus criou macho e fêmea...?? O narrador foi esperto ou estratégico, mas deveria no mínimo esclarecer que macho e fêmea são convergentes e que não há problema algum a gente ser portador dos dois sexos...E é bom q Deus seja pensado assim...com os dois sexos complementares, pois ninguem na modernidade suporta um Deus machista e sedutor de anjos.... Abraços do Joe..

0 Comments:

Post a Comment




 

Copyright 2007 | Blogger Templates por GeckoandFly modified and converted to Blogger Beta by André Monteiro.
No part of the content or the blog may be reproduced without prior written permission.