Lady Gaga apenas quis fazer arte com as palavras do demônio

Recebi um e-mail no qual um dos internautas porta-voz da espiritualidade espiritual, afirmava que Lady Gaga era missionária de Satã. Tal afirmação se deve ao fato de Lady Gaga se inspirar no mito do beijo mágico de Judas para poetizar musicalmente e ludicamente sobre as palavras traiçoeiras concernentes ao contexto crucificativo de Jesus. Um dos internautas alertava sobre a importância do domínio da língua inglesa para a compreensão macabra de tal poeticidade demoniosa. Questionei desconfiosamente para mim mesmo: Não seria Judas Iscariotes apenas um alter ego do Messias perseguido em forma de espelho perseguido por elites romanas\judaicas insatisfeitas com a militância ousada em prol das classes subalternas....? Não seria Judas Iscariotes um exemplo de afetividade sádica que nos avisa para evitar que sejamos porta-voz um cinismo acolhedor que envenena as nossas feridas mais profundas\secretas\existenciais? Será se Lady Gaga escreveu demoniosamente por debaixo dos panos para testar nossa flacidez intelectual e\ou para rir sarcasticamente de nossas fragilidades cognitivas espirituais capazes de fazer-nos focar inocentemente na cor da unha do elefante? Lady Gaga apenas quis fazer arte com as palavras do demônio, pois nenhum Deus resiste as suas próprias burocracias e as personas retóricas e administrativas por longo tempo. É preciso que o avesso Dele mesmo seja palco para toda a sorte de malabarismos lúdicos, pois na tecelagem das palavras sonoras, Deus e o Diabo se tornam a ESPIRITUALIDADE DA COISA EM SI. Se eu fosse Lady Gaga, confesso que morreria de rir perante a inocência espirituosa de pessoas reféns das próprias manobras interpretativas..... O meu povo queima neurônios, porque falta discernimento (...)..tóin..tòin...tòin..tòin.... Joe...

0 Comments:

Post a Comment




 

Copyright 2007 | Blogger Templates por GeckoandFly modified and converted to Blogger Beta by André Monteiro.
No part of the content or the blog may be reproduced without prior written permission.