A Párabola do pobre Lázaro e Fernando Collor de Mello

As irmãs do pobre Lázaro acompanhavam os últimos minutos de seu irmão que padecia entre gritos e sussurros. Ele não resistiu e morreu. Então uma de suas irmãs ligou para Jesus que veio correndo e num golpe de mágica, ressuscitou aquele homem. Lázaro saiu feliz da vida e virou um mito. Saiu dando testemunhos pelas igrejas da senha da imortalidade. Ficou podre de rico e choveu de gatinhas atrás dele.
No auge da fama precoce, Jesus disse: Maninho! Cuidado, pois o Ladrão veio matar, roubar e destruir, entretanto, Lázaro disse: Fica relax,pois eu já depositei na poupança e fiquei com 10% para a farra com os amigos e mulheres. Então veio o plano Collor e Lázaro ficou no osso. Daí Jesus disse: E agora mane? E Lázaro disse: Não tem problema, pois sempre fui duro mesmo.

4 Comments:

  1. João Oliveira Ramos Neto said...
    a relação é mais profunda, Joe. Você não pode esquecer que o Collor também ressuscitou. Mas não foi por Jesus. Quem ressuscitou Collor foi o mesmo povo que crucificou Jesus. Vai ter mal gosto assim lá no inferno.
    Thomas said...
    gostei do texto! parabéns joe!
    Thomas
    Anônimo said...
    Gostei do texto, penas que o Collor ressuscitou. Você é um dos culpados.
    Theo said...
    Belo conto. :P

Post a Comment




 

Copyright 2007 | Blogger Templates por GeckoandFly modified and converted to Blogger Beta by André Monteiro.
No part of the content or the blog may be reproduced without prior written permission.