A CASTIDADE DE UM(A) JOVEM É UM TERÇOL NO OLHO DO DIABO

A CASTIDADE DE UM JOVEM É UM TERÇOL NO OLHO DO DIABO

Depois de viver na aba dos pais, finalmente chegou a hora de Jesus encarar a vida de frente. Era véspera do batismo que serviria como rito de passagem, no entanto, o jovem messias era bobinho pois foi criado de forma reprimida como muitos filhos de pais evangélicos. José e Maria ensinaram-o que ele devia fugir do diabo e das coisas do mundo, em nome das coisas de Júpiter e Saturno metafísicos. O diabo viu o perigo daquela inocência messiânica e contratou a experiente e sedutora Maria Madalena para que adestrasse o jovenzinho na tragicidade da vida, pois a castidade de um jovem é um terçol no olho do diabo.
Maria Madalena era simpática e sedutora e fez o papel de uma dom ruânica. Depois de um longo papo, ela levou-o para o escurinho do cinema em busca de afetivizações existenciais. E depois? Especula-se que ele visitou a vila mimosa de Jerusalém.
Jesus foi tentado, mas ele molhou o biscoito ou só ficou no cinco contra um? Essa é uma questão que deixo para os exegetas investigarem.
Após o mergulho sacramental-batismal, Exu desceu em forma de pomba e falou: Esse é meu filho amado em quem me comprazo. Jesus ficou quietinho prá ter vitória. Os pais costumam camuflar a santidade dos filhos, mas no fundo eles sabem que os filhos aprontam. A vida é feita de ritos, aventuras, e personas (sem máscaras não há salvação).

1 Comment:

  1. Marcos Lopes said...
    Caro Joevan,

    Fui seu contemporâneo no STBSB.

    Estou chocado pela enxurrada de perversões que você escreve, de uma forma anormal até para os mais depravados dentre os incrédulos.

    "Exu desceu em forma de pomba"?

    Você é i-lível.

    JO 17:14-19
    14 Dei-lhes a tua palavra, e o mundo os odiou, porque não são do mundo, assim como eu não sou do mundo.
    15 Não peço que os tires do mundo, mas que os livres do mal.
    16 Não são do mundo, como eu do mundo não sou.
    17 Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade.
    18 Assim como tu me enviaste ao mundo, também eu os enviei ao mundo.
    19 E por eles me santifico a mim mesmo, para que também eles sejam santificados na verdade.

    Aqui há uma distinção clara entre os discípulos de Cristo e o mundo. Os discípulos de Cristo são santificados na verdade da Palavra de Deus.
    Sinto ter que dizer que suas obras são más, pois a boca fala do que o coração está cheio. Você relativiza a Bíblia, blasfema do Espírito Santo, e ainda assim se diz teólogo?
    Faça o favor de não se identificar como cristão.

    "E não comuniqueis com as obras infrutuosas das trevas, mas antes condenai-as." (Efésios 5 : 11)

Post a Comment




 

Copyright 2007 | Blogger Templates por GeckoandFly modified and converted to Blogger Beta by André Monteiro.
No part of the content or the blog may be reproduced without prior written permission.