Filme 2012. O trágico que mobiliza e nos une.

Em dezembro de 2009 fui ao cinema assistir do filme 2012. É um filme interessante do ponto de vista do trágico. Prá quem curte efeitos especiais, é um prato cheio. A vida seguia normamelmente, mas de repente, a terra comeca a se estilhacar, o mar se expande, e as ondas invadem a terra e comeca a derrubar tudo. Uma familia desesperada, entra num aviao rumo ao desconhecido, em busca de um local seguro pra aterrizar, entretanto, o que veem, é um espetáculo de destruicao. Eles veem a torre Eifel em Paris, o Cristo Redentor, a estátua da Liberdade, mas tudo indo pro beleléu. No final do filme, eles conseguem pousar num local na África. Após descerem do aviao, envolto por aquele novo ambiente, a filhinha pergunta ao papai: Papai! Quando iremos voltar pra nossa cidade? e meus coleguinhas? e minha cama? e meus bichinhos? Akele pai responde: minha filha! já te falei sobre isso... Nao existe possibilidade de retorno, pois a nossa cidade está debaixo d´agua, mas saiba que aonde o papai, a mamae e vc estiver, ali será a nossa casa. Temos que recomecar de novo.
O bonanca nos acomoda, mas o tragico nos mobiliza, a buscarmos novas solucoes, dai conhecemos outros locais, pessoas, etc. A vida é um paraiso perigoso, mas aonde estivermos, o Pai, o filho e o Espirito Santo estarao conosco, e ali será a nossa casa. Onde estivermos é condicao de possibilidade para um comecar de novo, para novas experimentacoes e novas relacoes afetivas.

Joeblackvan
desculpe a falta do C cedilha, mas estou escrevendo num teclado alemao e nao tem C cedilha...rs

0 Comments:

Post a Comment




 

Copyright 2007 | Blogger Templates por GeckoandFly modified and converted to Blogger Beta by André Monteiro.
No part of the content or the blog may be reproduced without prior written permission.